Aventuras no transporte coletivo - Primeira Versão


Andar de ônibus é uma arte. Se você não acha é porque nunca andou. O ônibus é o único museu ambulante que eu conheço. E pra apreciar as obras basta comprar um bilhete de R$ 2,25 e pronto... você terá acesso ao lugar mais tradicional, contemporâneo, ultra-moderno, psicodélico e barroco que poderia existir. Dentro do ônibus vc encontra de tudo. Várias cores, ritmos, tons de pele, tons de cabelo. Tem gente aparentemente normal e doido de pedra. Mas pra quem acha que só dentro do ônibus que se encontra tudo isso, está muito enganado... Antes de entrar neste mundo muito louco tem toda um preparação. Tem a espera, a fila, o empurra-empurra, e alguns dias da semana, alguns odores que ninguém nunca gostaria de apreciar, mesmo que fosse só pra conhecer essa tais artes do trasnporte coletivo.

Esses dias ao esperar já o segundo ônibus para ir para o trabalho, 05h15 da manhã, avenida Tocantins, ainda escuro por causa do M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O horário de verão, um bêbado fumante encosta do meu lado e vem puxar conversa:

- Bom dia!

Ah! Que cheiro agradável! Uma mistura mística de álcool, nicotina e ferormônio vencido. Inigualável. Pra não perder a compostura, mesmo com alguém incapaz de distinguir o que é ou não falta de educação:

- Bom dia!

- Você precisa de um limão!

Agora minha expressão já era outra. Um misto de raiva e pena me fez mudar de lugar. Mas antes de sair...

- Você não quer um limão não?

Deu!!! Vamos saindo daqui. Meu amiguinho andou pela rua. Lançou algumas latinha vazias para cima. Outro cigarro. Dançou no meio fio. Quando menos se espera.

- Você precisa de uma limão!

Chega logo ônibus!

1 comentários:

Њ Carvalho disse...

E eu não tava lá pra ver essa cena?
Aneimmmmmmmmmmmmmm... Hehehehehehehehehe...

Ou! Depois vê se vc consegue ver o vídeo lá "Secando as Calorias". Bjo.

Postar um comentário

porque lá no fundo todo mundo pensa alto!






Pensamentos soltos traduzidos em palavras pra que você possa entender o que eu também não entendo.


Arquivo do blog

Vi na net...

Loading...

Vem dizer...

Vem dizer...
... que às vezes você não pensa alto!