De parar o trânsito


O Ano Novo foi bom, obrigada.

Hoje. 8h da manhã. Café com leite. Pão com Manteiga. Ônibus. Faculdade. A intenção era só imprimir uns documentos para mais um capítulo da saga "Meu computador veio com defeito de fábrica" - que postarei assim que meus ânimos se acalmarem. Mas ao acenar com a mão na faixa de pedestre para atravessar a rua veio a surpresa. Surpresa??? Tá de lazer né Humberta! Surpresa por ninguém parar pra vc atravessar? Ninguém nunca para. Eles só freiam quando você já está no meio da rua. Aí, quando eles têm que escolher entre freiar ou matar, eles freiam. Tá bom... Então... Veio o susto.

O carro da faixa da direita parou. O motoqueiro que vinha na outra pista diminuiu. Deu sinal com a mão que ia parar. O carro que vinha atrás... freiou? Não! Claro que não! Bateu na traseira da moto e jogou o motoqueiro longe. Mal acreditei. Parecia cena de filme. O homem voou longe. Virei o rosto para não ver a queda. Como se fosse uma cena de filme de terror. Por sorte não tinha sangue, nem osso, nem cérebro. Só uma dorzinha nas costas. Mais que depressa, fazendo juz a profissão, liguei para a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros. Tentando ser forte para chamar o socorro o mais rápido possível, comecei a chorar, que nem uma mulherzinha.

Mas será o benetito??? Foi a segunda vez, no espaço de uma semana, que causo um acidente ali naquela faixa. Semana passada foram três carros. Um atrás do outro. Loucura loucura loucura! Por sorte o motoqueiro não ficou machucado. E o motorista do carro que bateu na traseira dele ainda queria que eu dissesse que ele não estava correndo. É demais né... Tô com medo de traumatizar.

Agora quero até ver amanhã quando eu for passar pela faixa. Não sei... só sei que o pessoal anda comentando por aí que eu sou de parar o trânsito! Seria legal, se não fosse trágico.

4 comentários:

Aline disse...

olha essa Humberta!!! rs

Њ Carvalho disse...

Mulherzinha! Mulherzinha! Mulherzinha!

Almiro Marcos disse...

Ei... Avise-me por favor as faixas de pedestre que você costuma atravessar em Goiânia... Quero passar bem longe para não me envolver em nenhum acidente! Rsrs...

elizabeth disse...

Realmente Humberta, acho melhor você como motorista do que como pedestre...e vê se para na faixa viu

Postar um comentário

porque lá no fundo todo mundo pensa alto!

Vi na net...

Loading...

Vem dizer...

Vem dizer...
... que às vezes você não pensa alto!